sexta-feira, 5 de fevereiro de 2016

Oficiais da Marinha doam sangue e reforçam estoque do Hemose

 


Campanha deve aumentar em 15% a doação de sangue no Hemope em Petrolina (Foto: Amanda Franco/G1)Demanda por sangue aumenta no carnaval e
doações caem (Foto: Amanda Franco/G1)
Oficiais da Marinha do Brasil participaram de uma ação para doação de sangue na manhã desta quinta-feira (4) no Centro de Hemoterapia de Sergipe (Hemose). Segundo a Capitania dos Portos, objetivo foi colaborar com a manutenção do estoque nesse período do carnaval, considerado crítico porque há um histórico aumento de solicitação de bolsas e redução no número de doações.
De acordo com informações do Hemose, são necessárias doações de todos os tipos sanguíneos, em especial os tipos A e O positivo, além do O negativo, que é doador universal. São necessárias pelo menos 90 doações por dia para manter o serviço funcionando.
Orientação ao doador“O Hemose atende as demandas dos serviços de emergências, maternidades, cirurgias eletivas e pacientes que por conta dos seus tratamentos fazem uso do sangue”, explicou a gerente de captação a assistente social Rozeli Dantas.
O Centro de Hemoterapia cumpre critérios que permitem ou impedem a doação. Essas normas técnicas são orientadas pelo Ministério da Saúde (MS) para proteger o doador e garantir a segurança de quem vai receber o sangue.
Por conta das mudanças climáticas no estado, os voluntários precisam estar atentos para alguns impedimentos temporários para doação, dentre os mais comuns: febre, gripe ou resfriado é necessário aguardar até oito dias; gravidez - parto normal, 90 dias; cesariana,180 dias; amamentação deve aguardar doze meses e extração dentária 72 horas.
Para ser um doador, é necessário ter entre 16 e 69 anos e pesar mais de 50 kg. Os menores de idade devem apresentar o Termo de Consentimento assinado pelos pais ou responsável legal e anexar a cópia de documento oficial com foto do representante legal. O Termo de Consentimento está disponível no site do Hemose.
A unidade funciona diariamente de segunda à sexta-feira, das 7h30 às 17h30, e aos sábados e feriados, das 7h às 11h. Mais informações através dos telefones (79) 3225-8000, 3225-8039 e 3259-3174.

Nenhum comentário:
Write comentários