domingo, 7 de fevereiro de 2016

Militares simulam ataque de Trânsito Sob Ameaça Aérea durante a Operação “ASPIRANTEX 2016”

 


Aeronaves simulam passagem com perfil rasante


Como parte da Operação “ASPIRANTEX 2016”, no dia 27 de janeiro, as aeronaves AF-1A/1B N-1021 e N-1001 do Primeiro Esquadrão de Interceptação e Ataque, decolaram da Base Aérea Naval de São Pedro da Aldeia para realizar um ataque à Força Naval, que estava a 95 milhas ao sul do Rio de Janeiro.
O ataque contou com o apoio de uma aeronave P-95 da Força Aérea Brasileira, desempenhando o papel de Posto Diretor Aerotático no Ar. Após as investidas sobre a Força, as aeronaves realizaram diversas passagens com perfil rasante sobre os navios que compunham o Grupo-Tarefa.
O evento contribuiu para o adestramento das tripulações dos navios, no que diz respeito aos procedimentos de defesa aeroespacial da Força Naval e uma excelente oportunidade de adestramento para os pilotos nas tarefas de localizar, acompanhar e atacar alvos de superfície

Nenhum comentário:
Write comentários